Dieta rápida: quais os riscos para a perda de peso?

Dieta rápida: quais os riscos para a perda de peso?

Quem não sonha em perder aqueles quilinhos a mais de forma rápida e fácil? Apesar de ser o sonho de quase todos, perder peso é um processo que pode ser difícil e demorado, mas não impossível.
Muitas pessoas acreditam que aderir a dietas rápidas que se popularizam na mídia é a melhor forma de perder peso. Cuidado! Dieta rápida pode ser prejudicial à saúde, além de muitas vezes não proporcionar o resultado esperado.

Leia também: Como emagrecer rápido

por que não seguir uma dieta rápida?
Essas dietas denominadas rápidas, que prometem grande perda de peso em um curto espaço de tempo, podem ser perigosas e devem ser evitadas por diversos motivos:

Geralmente não fornecem a quantidade adequada de calorias que o corpo precisa para funcionar de maneira adequada.
São altamente restritivas e podem levar à carência de nutrientes, como vitaminas e minerais.
Não conseguem ser seguidas por muito tempo por serem monótonas e restritivas.
No primeiro momento podem até promover perda de peso, mas, com o passar do tempo, podem levar ao famoso efeito platô (quando o organismo se adapta à dieta e, assim, para de perder peso).
São perigosas para a saúde, pois podem desenvolver doenças relacionadas à carência de nutrientes e vitaminas, além de mal-estar, dores de cabeça, alterações de humor e muito mais.
como perder peso de maneira saudável?

Leia também: Kifina anvisa

As dietas rápidas não funcionam por muito tempo. A melhor forma de perder peso de maneira saudável, sem comprometer a saúde e qualidade de vida, é adotar uma alimentação saudável e equilibrada, que forneça todos os nutrientes que o corpo precisa para funcionar de maneira correta, respeitando sempre as preferências alimentares.

Fracionar a alimentação, evitando longos períodos em jejum, assim como consumir alimentos variados, fontes de fibras, com poucas quantidades de açúcares e gorduras, podem contribuir com o processo de emagrecimento de maneira saudável. Durante esse processo, o ideal é buscar a orientação de um nutricionista, que é o profissional habilitado e mais indicado para ajudar a promover mudanças nos hábitos alimentares de maneira segura e saudável.

Leia também: Phytophen é bom

Dica: inclua na sua dieta alimentos integrais, frutas, verduras e legumes e não se esqueça de beber água (pelo menos 2 litros ao dia). Desse modo, a perda de peso ocorrerá de forma saudável e prazerosa. Não se esqueça de que alimentação equilibrada deve estar associada à prática regular de atividade física!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *